Projeto da Prefeitura de Maricá aposta em escolhas sustentáveis para cuidar do meio ambiente

Incubadora de Inovação Social em Cultura adotou ações que vão desde o não uso de copos descartáveis à preferência por computadores sem fios

Compartilhe:

Prestes a iniciar o segundo ciclo de cursos, a Incubadora de Inovação Social em Cultura, projeto da Prefeitura de Maricá, desenvolvido através do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM), em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e o Instituto Brasil Social (IBS), aposta em ações de preservação do meio ambiente ao adotar a entrega e o uso de itens sustentáveis por alunos e funcionários.


As práticas vão desde o não uso de copos descartáveis à preferência por computadores sem fios na sede e visam contribuir na mitigação dos impactos ambientais e incentivar a mentalidade de preservação do meio ambiente no cidadão de Maricá, reforçando a importância de cuidar do local. 


Em uma procura consciente por alternativas menos poluentes a longo prazo, a equipe gestora do projeto optou por montar um kit sustentável com os seguintes itens: copo retrátil de silicone; pen drive produzido com fibra de bambu, contendo a apostila que acompanha os desenvolvedores dos eixos Cinema e Game ao longo do curso; bloco de anotações feito com papel reciclado; um lápis semente, feito com madeira de reflorestamento, que após seu uso pode ser plantado e espalhar biodiversidade em Maricá; e uma caneta feita a partir de uma fibra vegetal, o arroz. Todos entregues, juntos, na primeira semana de aulas, em uma ecobag, produzida de algodão cru.


A coordenadora pedagógica da Incubadora de Inovação Social em Cultura,
Suellen Figueiredo, conta como a preocupação do projeto em estar alinhado com a pauta de cuidado com o meio ambiente é essencial para mudar o pensamento da sociedade.


“Sendo uma Incubadora que produz Cultura a todo momento, o que a gente não quer produzir? A gente não quer produzir lixo que agrida o nosso solo e os oceanos. Logo, começamos com ações que parecem simples, mas que podem vir, sim, a criar uma nova cultura de preservação no município”, ressaltou. 


Outra aposta inspiradora adotada pelo projeto é em relação aos computadores escolhidos. Os chamados “All in One” são equipados com menos componentes, como os fios, o que gera, a longo prazo, menor produção de resíduos tecnológicos. 


Para a desenvolvedora do curso de Direção de Artes para Projetos Audiovisuais, Ednalda Soares, receber o kit é uma oportunidade de pensar no meio ambiente.


“Receber esse kit foi uma oportunidade de repensar pequenos gestos cotidianos para os quais muitas vezes não nos atentamos. A possibilidade de plantar uma árvore ao terminar de usar o lápis semente me emocionou demais”, revelou ela.


Dessa forma, através de pequenos passos que reduzem o consumo de plástico e de papel e cuidam, assim, da cidade e do planeta, a Incubadora de Inovação Social em Cultura vem descobrindo caminhos, com foco na preservação do meio ambiente e diminuição da incidência de lixo gerado no município de Maricá.

para os cursos e oficinas da Incubadora de Inovação Social em Cultura

para os cursos e oficinas da Incubadora de Inovação Social em Cultura