Prefeitura de Maricá lança Incubadora voltada para o setor cultural

Incubadora de Inovação Social em Cultura também oferecerá dezenas de cursos e oficinas voltados às áreas do cinema, game e Carnaval

Compartilhe:

A Prefeitura de Maricá, através do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM), em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e o Instituto Brasil Social (IBS), lança projeto para despertar o empreendedorismo cultural bem como capacitar para o desenvolvimento de projetos no âmbito da cultura. A Incubadora de Inovação Social em Cultura visa, ainda, a oferta de 1.228 vagas para cursos e oficinas gratuitas nas áreas do cinema, game e Carnaval para os cidadãos de Maricá, com idade a partir dos 16 anos. Com uma estrutura de alta qualidade, composta por sala de games, estúdio de gravação, sala de edição, sala digital, sala de aula e um espaço interativo para a realização de coworking, a sede da Incubadora de Inovação Social em Cultura está localizada à rua Álvares de Castro, nº 699, Centro, Maricá. ”A Incubadora de Inovação Social em Cultura irá ofertar ao setor uma infraestrutura de apoio e mentoria organizativa com o objetivo de ampliar as potencialidades culturais de Maricá”, destaca Celso Pansera, presidente do ICTIM. Em seu espaço, idealizado para o desenvolvimento dos projetos, serão oferecidos nove cursos como os de Assistente de Direção e Roteiros para obras audiovisuais, voltados para o setor de cinema; Programação Blueprints, Render e iluminação do setor de Games. Para a área do Carnaval, uma parceria com a Escola de Samba Pimpolhos da Grande Rio e com o bloco Ilê Aiyê prevê que sejam oferecidas, em diferentes locais do município, 11 oficinas de capacitação para a formação dos desenvolvedores no setor carnavalesco e o aprimoramento da cultura do Carnaval em Maricá. As aulas, realizadas presencialmente, proporcionarão aos desenvolvedores a oportunidade de aprimorar e adquirir maturidade em gestão, inteligência competitiva, ensinamentos sobre finanças e empreendedorismo. “A parceria entre a Secretaria de Cultura e o ICTIM é uma articulação múltipla que permite, através da criação e da demanda da nossa gestão na cultura, o surgimento, pela primeira vez na história do município, de uma Incubadora de Inovação Social em Cultura colocando em pauta temas pertinentes à construção de políticas públicas estruturantes, inovadoras e inéditas no âmbito da cultura tecnológica, da tradição que é o comportamento de um grupo social num determinado território. Revitalizando a simbólica que habita o inconsciente coletivo da memória de um povo. Nas linguagens artísticas como o cinema, game e audiovisual, cultura popular (único lugar que não somos colônia), como o Carnaval e seus elementos de brasilidade e afro-brasileiros. As metodologias pedagógicas implementadas serão essenciais para a transformação social, com formação, reflexão e inclusão, num verdadeiro exercício de cidadania em Maricá”, aponta o secretário municipal de Cultura, Sady Bianchin. Para Mariana Figueiredo, gerente geral do projeto, a Incubadora de Inovação Social em Cultura apresenta-se como um mecanismo para a produção de movimentos criativos, agregando ao município projetos com forte impacto e o desenvolvimento do setor, através da oferta de oportunidades de estágios, empregos e projeção de novos negócios e startups. “A Incubadora de Inovação Social em Cultura, ao unir cinema, game e Carnaval fomentando o desenvolvimento de projetos de alto padrão, agregando parcerias de referência no mercado cultural e garantindo a formação técnica dos desenvolvedores, torna-se um espaço completo que pensa como uma grande produtora ao mesmo tempo que é uma academia de desenvolvimento de ferramentas inovadoras para a indústria cultural, unido à qualificação de alto padrão. Todos que desejarem fazer parte deste espaço terão oportunidades para crescerem profissionalmente e construírem suas carreiras com projetos inovadores”, reforça Mariana Figueiredo. A Incubadora de Inovação Social em Cultura irá disponibilizar, aos desenvolvedores, um novo olhar sobre a formação e qualificação profissional, unindo, de maneira dinâmica, o estudo profundo de conceitos teóricos e uma imersão prática que garante experiências únicas ao vivenciar o cotidiano de produções profissionais, enquanto ainda estão realizando os cursos e oficinas. “Projetos como esse possibilitam a construção do empreendedorismo, sustentabilidade e inovação da tecnologia social, cujo maior impacto são as melhorias para construção de uma sociedade equânime e fraterna. Maricá é uma cidade que pensa nisso. E essa também é a visão e a missão do IBS, por isso essa parceria é tão importante”, considera o presidente do Instituto Brasil Social, Rosalvo Costa. A abertura das inscrições para os cursos da Incubadora acontecerá nos próximos dias. Quem deseja saber mais informações sobre as oportunidades oferecidas, formas de inscrição e pré-requisitos, deve acessar o site www.incubacultura.org.br. Cursos oferecidos Cinema Assistente de Direção; Fotografia para cinema e vídeo; Edição para cinema e vídeo; Roteiros para obras audiovisuais; Produção de cinema; Direção de artes. Games Programação Blueprints; Montagem e composição de cenários; Render e iluminação. Carnaval Pimpolhos da Grande Rio Oficina de Canto e Composição; Oficina de Percussão; Oficina de Cavaco; Oficina de Alegoria; Oficina de Fantasia; Oficina de Danças do Carnaval; Oficina de Mestre-Sala e Porta-Bandeira. Ilê Aiyê Curso de Dança; Curso de Percussão; Curso de Cidadania; Curso de Toques Sagrados.

para os cursos e oficinas da Incubadora de Inovação Social em Cultura

para os cursos e oficinas da Incubadora de Inovação Social em Cultura