Incubadora de Inovação Social em Cultura: um mês de inauguração de projeto que celebra cultura e arte

O espaço foi inaugurado com a presença de autoridades do município e funciona para a promoção do acesso à Cultura em Maricá

Compartilhe:

No dia 27 de abril, a Prefeitura de Maricá, através do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM), em parceria com a Secretaria de Cultura e o Instituto Brasil Social (IBS), inaugurou a Incubadora de Inovação Social em Cultura, com a presença de artistas convidados e shows especiais. Pouco mais de um mês depois da inauguração oficial, o espaço segue suas atividades e funciona como um ponto para a promoção da cultura e da arte, oferecendo um ambiente inspirador para os desenvolvedores locais.

Atualmente, através do projeto, 484 desenvolvedores estão tendo a possibilidade de se especializar em um dos 21 cursos oferecidos nas áreas de Cinema, Game e Carnaval.

Na sede, com uma estrutura de alta qualidade, são oferecidos os cursos das áreas de Cinema e Game. O espaço conta com equipamentos e softwares profissionais que ampliam e valorizam a qualidade do aprendizado proposto. Os cursos de cinema funcionam de forma integrada: as etapas de cada curso passarão por todas as turmas para dar continuidade. Assim, os roteiros cinematográficos, feitos pelas turmas dos cursos de Roteiro para Obras Audiovisuais e de Roteiro Cinematográfico, serão trabalhados pelas turmas de Assistente de Direção, Produção de Cinema, Fotografia e Direção de Artes e depois seguirão as etapas de filmagem, edição, finalização e exibição.

“Estamos aprendendo com profissionais que têm muita experiência para passar, e nos encaminhar, o que faz com que desperte a nossa criatividade. Temos, também, a oportunidade de conhecer mais sobre a cidade e, com isso, queremos fazer algo para mostrar as qualidades que a nossa cidade tem”, compartilhou a aluna Viviane Abreu, do curso de Roteiro Cinematográfico.

No eixo Indústria do Carnaval, os desenvolvedores têm a oportunidade de se especializar recebendo aulas de profissionais habilitados pelos parceiros Bloco Ilê Aiyê e Escola de Samba Mirim Pimpolhos da Grande Rio e de vivenciar, na prática, as atividades propostas e a importância de fazer Carnaval nos 365 dias do ano.

Entre os cursos propostos e oferecidos pelo eixo, o de Criação e Produção de Alegorias e de Fantasias e o de Produtor Artístico Cultural – Metodologia Ilê Aiyê são os que mais atraem os desenvolvedores. Ao fim da qualificação, o aprendizado vivido por eles será posto em prática, experiência que, para a aluna de Criação e Produção de Fantasias, Roseli da Silva Gomes, tem sido muito proveitosa.

“Agora nós estamos na parte de montar uma fantasia que será usada para desfilar no escolão, além da montagem da decoração dos carros alegóricos”, contou Roseli.

Sendo um espaço para o fomento da cultura, a Incubadora de Inovação Social em Cultura tem recebido, também, visitas de agentes de desenvolvimento cultural, como atores do cenário nacional, pesquisadores, professores e lideranças no setor de inovação social, ciências e tecnologia, para a formação de parcerias pensando no desenvolvimento da população. Exemplo disso é o acordo de cooperação firmado recentemente entre o Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM) e o Instituto Federal Fluminense (IFF) Campus Maricá, que prevê a oferta 160 vagas, sendo 40 por semestre, no curso de Produção de Áudio e Vídeo, cujas aulas práticas utilizarão as instalações da sede como laboratório.

para os cursos e oficinas da Incubadora de Inovação Social em Cultura

para os cursos e oficinas da Incubadora de Inovação Social em Cultura