Cultura e diversão na comemoração dos 21 anos da Escola Municipal Darcy Ribeiro

Parceiros da Incubadora de Inovação Social em Cultura, Escola de Samba Mirim Pimpolhos da Grande Rio e Bloco Ilê Aiyê mostraram cursos e oficinas

Compartilhe:

A Escola de Samba Mirim Pimpolhos da Grande Rio e o Bloco Ilê Aiyê entraram com muito ritmo e arte carnavalesca na  Escola Municipal Professor Darcy Ribeiro, que, nesta quinta-feira (18/5), comemorou seus 21 anos de existência. O evento, que teve a presença também da União de Maricá, é mais uma iniciativa da Incubadora de Inovação Social em Cultura, projeto do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM), em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e o Instituto Brasil Social (IBS).   A ação também teve o apoio da Incubadora de Inovação Social Mumbuca Futuro, projeto desenvolvido pelo ICTIM em parceria com a Secretaria Municipal de Economia Solidária. O objetivo da integração em ações como essa e outras que vêm ocorrendo é levar aos alunos a experiência do contato com a cultura do Carnaval.   “Estamos construindo essa base, trabalhando o Carnaval como uma ferramenta de transformação social e de educação e também dando sustentabilidade cultural, fortalecendo essa base, essa cultura de escola de samba. Hoje, essa apresentação fortaleceu a parceria, o carnaval da União de Maricá e o município”, explicou a presidente da Pimpolhos da Grande Rio, Camila Soares.   Localizada no bairro de Inoã, a Escola Municipal Professor Darcy Ribeiro reuniu cerca de 150 alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) na celebração. Para a gerente geral da Incubadora de Inovação Social em Cultura, Mariana Figueiredo, a atividade garantiu que dezenas de famílias agora passem a conhecer melhor a indústria do Carnaval.   “Essa é uma oportunidade de aprendizado, crescimento e celebração do setor cultural, reconhecendo o valor do Carnaval como uma poderosa ferramenta de inclusão e expressão”, disse Mariana.   O evento, que teve início às 18h, reuniu os integrantes do Bloco Ilê Aiyê e da Pimpolhos da Grande Rio, que mostraram seus cursos e oficinas. A apresentação musical ficou por conta da União de Maricá, que promoveu um grande espetáculo, levando samba e muita alegria para festejar a cultura local, através da valorização dos espaços educativos municipais e de talentos artísticos.   Aluna do 9° ano, Clerimar da Rocha, de 47 anos, falou da experiência. “Estamos maravilhadas com a iniciativa, gostando muito do projeto”, disse ela, que mora em Inoã. De São José do Imbassaí, a estudante Lídia Helena, de 58 anos, contou que a atividade promoveu uma verdadeira integração. “É uma oportunidade de estarmos incluídas nos grupos, na sociedade”, completou, demonstrando interesse em ingressar em uma oficina no próximo ciclo.

para os cursos e oficinas da Incubadora de Inovação Social em Cultura

para os cursos e oficinas da Incubadora de Inovação Social em Cultura